Cortinas de medição

MEDIÇÕES REQUERIDAS – O comprimento da haste da cortina e as cortinas são a base para calcular a quantidade de material necessária para as cortinas. Medimos com mais precisão usando uma fita métrica de aço ou uma régua de madeira. Para calcular a largura do tecido, você precisa medir a extensão da haste da cortina entre os batentes (UMA). Medindo a distância do trilho ao chão (B) ou do trilho para o peitoril da janela (C) começamos com uma barra ou grade.
Dependendo do comprimento planejado das cortinas, o comprimento B ou C obtido deve ser ligeiramente aumentado ou diminuído
UMA – COMPRIMENTO DA CORTINA
B – DISTÂNCIA DO TRILHO AO PISO
C – DISTÂNCIA DO TRILHO PARA O PEITO DA JANELA

A quantidade de tecido necessária depende da largura da abertura, o método de suspensão, tipo de fita adesiva, o comprimento da cortina e o tamanho do padrão no tecido. Para que as cortinas que chegam ao chão não se apoiem nele, deve ser subtraído 12 mm da distância do trilho ao chão (B). se nós quisermos, de modo que as dobras se dobrem sobre o chão, 5-20 cm devem ser adicionados ao comprimento de B.. Dois comprimentos são usados ​​para cortinas que se estendem até o peitoril da janela: ou 12 mm acima do peitoril da janela (C), ou 5-20 cm abaixo - o chamado. o comprimento do avental. O topo da cortina deve cobrir o trilho ou ligeiramente sobressair acima dele. Se usarmos um trilho de cortina de barra, a cortina deve ficar logo abaixo dela. O comprimento do tecido deve ser igual à distância da borda superior da cortina ou a haste da cortina selecionada até a borda inferior da cortina do comprimento selecionado. Nós adicionamos mais 7,5 cm no forro da parte superior e 15 cm ao redor da parte inferior.

Para determinar a largura do tecido, você precisa, medimos a extensão da haste da cortina (UMA) e nós adicionamos muito, quanto é necessário, se as cortinas devem se sobrepor. A soma obtida é multiplicada pela espessura da fita para franzir. Nós adicionamos 30 cm para colocar as bordas laterais. Aprender, quantas peças serão necessárias para a largura da cortina, nós dividimos pela largura do tecido, arredondando para o número inteiro mais próximo. A quantidade total de tecido necessária é calculada multiplicando o número de peças necessárias pelo comprimento calculado acima.

CORRESPONDÊNCIA DE PADRÃO

Ao calcular a quantidade de material padronizado, devemos também levar em consideração a necessidade de combinar precisamente o padrão em toda a largura da cortina. Sempre tentamos colocar o padrão no centro de cada cortina.

MEDINDO UM PADRÃO DE REPETIÇÃO

Espalhamos o tecido da cortina selecionado em um liso, superfície plana e meça cuidadosamente o tamanho de um padrão de repetição. É o bastante, se adicionarmos um padrão além de cada parte da cortina, o suficiente para combinar com o padrão em ambos os lados da costura ou nas cortinas adjacentes.

FATIAMENTO

Cortar com cuidado é tão importante quanto medir com precisão. Espalhamos o tecido em uma superfície plana. Cortamos em ângulos retos e ao longo da fibra ou, se for necessário, de acordo com o padrão. Você vai precisar de utensílios básicos de costura para cortar o tecido. Corte tecidos frouxamente entrelaçados ao longo da linha puxada.

1 REMOVENDO A LINHA Cortamos um pouco a borda do tecido, pegamos um único fio deste lugar e alisamos o tecido novamente.

2 CORTE DE TECIDO Usando o canal formado após puxar o fio como guia, cortamos o tecido com tesoura de alfaiate.